sexta-feira, 21 de abril de 2017

APRENDA MELHOR COM MAPAS MENTAIS


O que é mapa mental?



Um mapa mental é um diagrama que se elabora para representar ideias, tarefas ou outros conceitos que se encontram relacionados com uma palavra-chave ou uma ideia central, e cujas informações relacionadas em si são irradiadas (em seu redor).

Como funciona e para que serve?



Esta é uma técnica muito produtiva para várias finalidades. Em geral, é utilizada para representar ideias em diferentes contextos. Assim, é usada para estudar conteúdos muito específicos.

Ele funciona como uma ponte entre o mapa e a mente, ou seja, uma parte do assunto está na sua mente e outra está no papel, representada pelo mapa.
Quando você bate o olho em um ramo que trata de um determinado assunto, ele funciona como uma chave que vai disparar a base de dados da sua memória e lhe permitirá acessar seu conhecimento de uma forma mais visual.

Como começar a criar um mapa mental?

ANTES DE COMEÇAR A CRIAR UM MAPA:



  • Primeiramente, separe e leia um texto, grifando de maneira colorida o que achar importante, identificando as palavras-chaves por categorias de informações. 
  • Em seguida, coloque no centro do papel o tema sobre o qual você irá trabalhar.
  • Reflita sobre o primeiro tópico relacionado ao tema e destaque o título no papel. 
  • Após essa etapa, ramifique o tópico e crie sub-tópicos, de acordo com os assuntos dentro daquele assunto inicial. 
  • Utilize as palavras-chave destacadas no texto e repita o processo com cada tópico que julgar importante.


PARA COMEÇAR A DESENHAR O SEU MAPA:



  • Utilize uma folha de papel branco A4 ou, preferencialmente A3 de lado (paisagem).
  • Junte uma seleção de canetas coloridas, desde pontas finas a marcadores de texto.
  • Selecione o tópico, problema ou assunto a ser mapeado;
  • Junte qualquer material ou pesquisa ou informação adicional;
  • Comece no centro com uma imagem sem bordas;
  • Use dimensão, expressão e pelo menos três cores na imagem central para chamar atenção e ajudara memória.
  • Faça “galhos” o mais próximo possível do centro, grudados a figura central e com ondas. Coloque-as ideias básicas de ordenação, ou o “título do capítulo” equivalentes nos galhos.
  • Trace linhas mais finas a partir do final das ideias básicas apropriadas para guardar informações relevantes. (quanto mais importante, mais próxima dessas ideias deve ficar). Use imagens sempre que possível.
  • Use cores como seu próprio código especial para mostrar pessoas, tópicos, temas ou datas e para tornar seu Mapa Mental mais bonito.
  • Capture todas as ideias (suas ou de outros), então edite, reorganize, torne-as mais bonitas, aprimore ou deixe claro como um segundo estágio de pensamento. 


 QUEM FOI O CRIADOR DOS MAPAS MENTAIS?

O criador dos mapas mentais chama-se Tony Buzan. 

Saiba mais sobre ele AQUI.



Foram definidas até as 7 leis de Tony Buzan para criar mapas mentais:



1- Comece no centro de um papel
2- Use uma imagem central que designe a ideia principal
3- Utilize-se de cores
4- Conecte Ramos primários, secundários, terciários e quantos forem necessários
5- Deixe os ramos curvilíneos para dar um aspecto de árvore a eles.
6- Use imagens, nossa mente lida melhor com elas.
7- Use palavras chaves







Nenhum comentário:

Postar um comentário