domingo, 9 de outubro de 2016

O FIM DA URSS E A DEMOCRATIZAÇÃO DO LESTE EUROPEU



1- 1922 - Foi fundada pelos bolcheviques a URSS (União das Repúblicas Socialistas Soviéticas)

  • Capital: Moscou
  • Liderados por Lênin, consequência da Revolução Russa de 1917.
  • Território imenso com 22,4 milhões de km2.
  • Países que faziam parte da União Soviética: (culturas e línguas diferentes)


- Rússia
Moscou
- Lituânia
- Letônia
- Estônia
- Geórgia
- Armênia
- Azerbaijão
- Bielorrússia
- Cazaquistão
- Moldávia
- Quirguistão
- Tadjiquistão
- Turcomenistão
- Ucrânia
- Uzbequistão

  • Na década de 1980, a União Soviética possuía uma população ao redor de 290 milhões de habitantes. Os grupos étnicos com maior quantidade de habitantes eram os russos (145 milhões), ucranianos (44 milhões), usbeques (16 milhões), bielorussos (10 milhões) e azeris (6 milhões)


  • 1924-1956- Governo de Stalin
  • Gerou aumento artificial da população
  • Enviou russos para as repúblicas soviéticas e expulsou a população local
  • Desrespeitou os povos não russos
  • Isso gerou revolta contra o Partido Comunista da URSS
  • No final de 1950, a URSS competia com os EUA

Essa já foi a maior estátua de Stalin já construída, ficava na Tchecoslováquia, mas graças aos revisionistas ela foi demolida em 1962.

2- O governo de KRUSHCHEV (1953-1964)
  • Sucedeu  Stálin
  • Desestalinização
  • Libertou prisioneiros políticos
  • Reduziu a censura sobre a imprensa
  • 1956- XX Congresso do Partido Comunista - revelados os crimes de Stálin (assassinatos e torturas)
  • Muitos seguidores do Comunismo deixaram o partido


3- O governo de BREJNEV (1964-1982)

A Primavera de Praga foi um movimento político ocorrido na Tc Jovens tomam as ruas da Tchecoslováquia durante a Primavera de Praga (foto: reprodução/tumblr fyeah history)

  • Voltam as práticas stalinistas
  • 1968- invadem a Tchecoslováquia para sufocar a Primavera de Praga ( foi um movimento político ocorrido na Tchecoslováquia em 1968 para democratizar o Comunismo)
  • 1979- Brejnev invade o Afeganistão para derrotar o Islã e se manter no poder
  • Altos gastos militares e prejuízos na economia da URSS



4- Razões da crise:
  • gastos com policiais e armas
  • baixa produtividade agrícola e agropecuária
  • falta de investimento em tecnologia 
  • corrupção


5- A URSS nos anos 80
  • falta de moradia, roupas , calçados, alimento...
  • péssima qualidade da saúde, educação e transporte
  • a crise não afetou a todos
  • havia as BERIOZKAS - lojas para altos funcionários do Partido Comunista
  • com a morte de BREJNEV, a crise piora e a população aumenta o consumo de álcool e outras drogas


6- GORBACHEV - Reconstrução e transparência

  • assume o poder em 1985
  • foi secretário - geral do Partido Comunista da URSS
  • implantou reformas na URSS


PERESTROIKA ( reestruturação) 
  • corte nos gastos militares
  • retirou tropas da URSS do Afeganistão
  • fim do monopólio estatal sobre os alimentos
  • permissão para instalação de empresas privadas na URSS
  • renovação tecnológica e mais competitividade
  • permissão para entrada de empresas estrangeiras na URSS


GLASNOST (transparência)
  • libertou presos políticos
  • demitiu funcionário corruptos
  • fim à censura
  • substituição do partido único ( Partido Comunista) pelo pluripartidarismo


AS REFORMAS NÃO SURTIRAM EFEITO
  • Membros do antigo Partido Comunista impediram as mudanças
  • BÓRIS YELTSIN exigia o aprofundamento das mudanças
  • 1991- Um golpe dos comunistas afasta GORBACHEV
  • o povo sai às ruas
  • líder: BÓRIS YELTSIN
  • GORBACHEV volta ao governo mas não consegue controlar as reformas
  • várias repúblicas soviéticas declararam independência da URSS
  • 08/12/1991- BÓRIS YELTSIN criou a CEI ( Comunidade dos Estados Independentes)
  • Faziam parte da CEI: a Federação Russa, Ucrânia e Belarus
  • Após 69 anos, a URSS acabou - FIM DA GUERRA FRIA


7- DEMOCRATIZAÇÃO DO LESTE EUROPEU
  • Países do Leste Europeu: Polônia, Iugoslávia, Tchecoslováquia, Hungria, Romênia, Bulgária, Albânia Alemanha Oriental
  • Esses países eram governados pelo Partido Comunista
  • O Partido Comunista, implantou a censura desde 1945
  • As reformas de GORBACHEV, facilitou o Movimento Popular pela Democratização
  • Alemanha e Tchecoslováquia - processo pacífico
  • Romênia e Iugoslávia - conflitos armados



8- ALEMANHA
  • Após a Segunda Guerra Mundial a Alemanha foi dividida
  • Foi construído o Muro de Berlim para evitar fugas
  • O desenvolvimento da Alemanha Comunista (oriental) foi fraco
  • O desenvolvimento da Alemanha Capitalista (ocidental) , um dos países mais ricos do mundo
  • No fim dos anos 80 - Alemanha comunista exige democracia e qualidade de vida
  • A Alemanha comunista organizou o movimento: NÓS SOMOS O POVO
  • 09/11/1989- o Muro de Berlim é derrubado
  • GORBACHEV - autoriza a retirada de tropas soviéticas da Alemanha comunista, após 45 anos.
  • Em julho de 1990, acontece a união monetária e econômica entre as duas Alemanhas
  • A Alemanha volta a ser um só país
  • A Alemanha superou desafios e hoje é uma potência econômica


9- POLÔNIA

10- ROMÊNIA
  • Derruba o governo de NICOLE CEAUSESCU (acusado de criminoso e ditador)
  • NICOLE CEAUSESCU e a esposa foram presos e fuzilados ao vivo na tv em Natal de 1989. Veja imagem abaixo.


11- IUGOSLÁVIA

  • Governo de Marechal Tito
  • Formaram seis repúblicas: Sérvia, Croácia, Eslovênia, Bósnia-Herzegovina, Montenegro e Macedônia
  • Vários povos e culturas diferentes
  • Diferenças econômicas entre as repúblicas do norte ( ricas) e as do sul
  • Com a morte de Tito, as rivalidades aumentaram


12- GUERRA NA BÓSNIA (1992-1995)

SLOBODAN MILOSEVIC

  • SLOBODAN MILOSEVIC- (1988) presidente da Sérvia
  • Queria se apossar da Iugoslávia
  • Usou a desculpa que precisava defender as minorias sérvias
  • Eslovênia e Croácia ( ricas) reagiram, declararam independência em 1991
  • MILOSEVIC atacou a Croácia e Eslovênia
  • Com a interferência da ONU, o conflito terminou
  • 1991- Macedônia se declarou independente
  • 1992- Bósnia se declarou independente
  • Milosevic, armou sérvio que viviam na Bósnia (fez uma guerra para derrubar o governo eleito)
  • A OTAN e os EUA interferiram
  • 1995- foi feito acordo com EUA e a República Sérvia se tornou autônoma
  • No acordo, as fronteiras da Bósnia foram fixadas
  • Iugoslávia: duas repúblicas, Sérvio e Montenegro
  • Saldo do conflito: 250 mil mortos, milhares de crianças órfãs


MOTIVO DA GUERRA DA BÓSNIA
  • Limpeza étnica de Milosevic
  • Criou campos de concentração para bósnios e croatas
  • Violentavam mulheres muçulmanas e as engravidavam, para injetar sangue sérvio na população muçulmana


13- GUERRA DO KOSOVO

  • Província da Iugoslávia
  • 90% da população era albanesa muçulmana
  • 10% da população, sérvios e cristãos ortodoxos
  • Isso gerou tensão entre albaneses X sérvios
  • Kosovo era a terra ancestral dos sérvios
  • Milosevic foi reeleito presidente da Iugoslávia (1997)
  • Isso gerou revoltas
  • 1998- os kosovares queriam se separar da Iugoslávia
  • Milosevic mandou matar e deportar os kosovares
  • 1999- OTAN faz um bombardeio aéreo sobre  a Iugoslávia
  • Destruiu aeroportos, pontes, quartéis e prédios do governos
  • Milosevic aceitou o PLANO DE PAZ do G8

  • Kosovo passou a ser administrada pela ONU
  • Milosevic foi preso e enviado para Haia (Holanda)
  • Milosevic foi julgado por crimes contra a humanidade
  • 2006- Milosevic morre na prisão


ATUAL PRESIDENTE DA RÚSSIA


Vladimir Vladimirovitch Putin: atual presidente da Rússia, além de ex-agente do KGB no departamento exterior e chefe dos serviços secretos soviético e russo, KGB e FSB, respectivamente. Putin exerceu a presidência entre 2000 e 2008, além de ter sido primeiro-ministro em duas oportunidades,a primeira entre 1999 e 2000, e a segunda entre 2008 e 2012. Putin tem sido amplamente responsabilizado pelo retorno da estabilidade política e do progresso econômico da Rússia, pondo fim à crise dos anos 1990.
Na Rússia, a liderança de Putin goza de considerável popularidade, com altas taxas de aprovação geral. Por outro lado, várias de suas ações têm sido caracterizadas pela oposição como antidemocráticas. Alguns críticos o descrevem como ditador, alegações que o próprio Putin nega incondicionalmente. Sob Putin, a Rússia modificou suas relações com os Estados Unidos e Reino Unido, já que adotou uma postura mais independente, caracterizada pela política de não-intervenção, contrária à dos norte-americanos e britânicos.


3 comentários: