sábado, 27 de fevereiro de 2016

MUDANÇAS E PERMANÊNCIAS HISTÓRICAS AO LONGO DO TEMPO


PERMANÊNCIA: Refere-se àquilo que "se mantêm" ao longo do tempo, que não "mudou", que continua existindo.

MUDANÇAS: Refere-se àquilo que é "diferente" do que existia no passado, coisas que passaram por "mudanças" e grandes "transformações".


Pensemos no exemplo da sala de aula: podemos dizer que a maneira como as salas são organizadas (alunos nas carteiras e professor na frente falando) é uma "permanência" pois isso ocorre há bastante tempo. Por outro lado, podemos dizer que a "liberdade" dos alunos é uma "ruptura" pois é algo mais recente, diferente do que acontecia, por exemplo, há 40 anos atrás.



Os alunos do 6º ano do Colégio Patronato Padre Luiz Barbosa Moreira, apresentaram um trabalho de pesquisa onde trouxeram informações sobre mudanças e permanências históricas nos seguintes temas:










TRANSPORTES: 

o grupo destacou o uso de bondes e carroças antigamente. E mais na antiguidade, destacaram a natação e a corrida como primeiras formas de deslocamento humano. Destacaram também a poluição, os engarrafamentos e a má qualidade dos transportes públicos de hoje.





ALIMENTAÇÃO: 

na alimentação, eles destacaram que na época de seus avós se priorizava mais frutas, verduras e legumes. As pessoas comiam mais cuscuz, carne, sucos naturais. Hoje em dia, segundo a equipe, a alimentação é rica em gordura e açúcares o que prejudica a saúde a médio e longo prazo. Uma aluna comentou que sua avó desconhece nomes de alguns alimentos da atualidade ,como por exemplo, BROWNIE. 







MEIOS 

DE COMUNICAÇÃO: o grupo comentou sobre o uso de cartas e telegramas como únicos meios de comunicação a distância durante muito tempo. Enfatizaram a facilidade que temos hoje em dia de nos comunicar com outras pessoas por meio da internet, principalmente pelo uso de telefones celulares.







ROUPAS: com relação a moda, a equipe pesquisou a forma de se vestir de homens e mulheres desde o século XIX até os dias atuais. Chegaram a conclusão de que antes as pessoas andavam mais cobertas e hoje em dia andamos mais a vontade. Observaram também, que dependendo do lugar onde as pessoas vivem, quente ou frio, o modo de se vestir varia, tendo em vista que lugares frios requerem mais agasalhos e lugares quentes necessitam de tecidos mais leves. 




A turma relatou que o trabalho de pesquisa foi bastante proveitoso tendo em vista que puderam aprender além do conteúdo estudado , outras coisas, como:
  • trabalhar em equipe;
  • fazer pesquisa;
  • usar o talento; 
  • organização;
  • usar o tempo de maneira proveitosa;
  • compartilhar seus conhecimentos com os colegas;
  • mostrar que o aluno também pode ensinar;
  • exercitar a oralidade ;
  • promover o respeito pelo colega;
  • falar em público, entre outros benefícios.

CURIOSIDADE

Uma aluna trouxe um monóculo para mostrar a turma. Segundo ela, o monóculo pertence a seu pai e nele podemos ver uma foto dele quando criança.
O monóculo passou a ser utilizado na década de 1920. Até a década de 1970 ele foi bastante utilizado, porém nos anos 80 perdeu sua força e quase desapareceu. Hoje em dia as pessoas que ainda têm um monóculo em casa, possuem uma relíquia, tendo em vista que são raros. 



CONCLUSÃO


Estudantes precisam muito mais de conhecimento do que de informação. A informação está disponível gratuitamente para qualquer pessoa com acesso à Internet. Assim, um trabalho de pesquisa em que o aluno estuda e apresenta o que aprendeu a seus colegas vale muito mais , do ponto de vista do aprendizado, do que um trabalho escrito que pode ser feito com uma simples busca no Google. Esse tipo de atividade faz parte das competências educacionais do século XXI. 

Veja AQUI a lista completa dessas competências. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário